Início :: Enciclopédia :: Já posso namorar?

Já posso namorar?

N O B R A S I L , E M 1 2 D E J U N H O É C O M E M O R A D O O D I A D O S NA M O R AD OS .

O namoro do cristão tem princípios que servem para proteger e preservar os servos do Senhor Jesus. Ele não é só para “ficar”, sair ou se divertir sem compromisso, como acontece no mundo. Esse namoro envolve um relacionamento mental, emocional, de tempo, familiar e, principalmente, espiritual, pois se o Espírito de Deus não estiver nele, esse envolvimento já começa errado.

Enquanto você for menor de idade, a idade ideal é a definida pela sua família.

Não faça nada sem ter a autorização dos seus pais. Obedecer aos pais é mandamento do Senhor, pois os pais sabem o que é melhor para os filhos.

No entanto, podemos garantir que a fase em que você está vivendo ainda tem muita coisa para descobrir e aproveitar, antes de entrar num relacionamento sério, como deve ser o namoro cristão.

Na EBI, você está aprendendo que tudo é possível ao que crê, não é mesmo? Então, CREIA que, enquanto você “esperar em Deus”, Ele estará preparando a pessoa certa para você.
O mais importante agora é cuidar da vida espiritual, colocando Deus em primeiro lugar e crendo que as outras coisas, no tempo certo, serão acrescentadas.

“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n’Ele, e o mais Ele fará.” Salmos 37.5

3 comentários

  1. muitos pais deixem mais isso desagrada a Deus né thiago marcon

    • Mas na maioria das vezes os pais agem não por maldade e sim por ignorância e ingenuidade ao trazer atributos da vida adulta para a infância por meio de selinhos nos filhos, o tal do com quem será bem como falar sobre namoradinhos e etc. Tais coisas acabam por influenciar a criança o interesse sexual precoce, estimulando por consequência a vulnerabilidade dessas crianças à pedofilia e a gravidez prematura e ainda sentimentos os quais a criança ainda não está preparada psicologicamente para vivenciar. Por isso é imprescindível evitar brincar de namoradinhos. Criança tem amiguinhos, é totalmente diferente.

  2. Criança não namora! É impressionante como muitos adultos, inclusive pais, não por maldade, mas simplesmente por ignorância, acabam por influenciar a sexualidade precoce das crianças por meio de “com quem será que fulano vai casar” em aniversários infantis. Ora, criança não namora e muito menos casa. Uma criança não tem “namoradinhos” e sim amiguinhos. Isso acaba trazendo coisas próprias da vida adulta para a infância e acaba incentivando a pedofilia e a prostituição infantojuvenil. Li em um jornal daqui de Belém do Pará um artigo de uma psicóloga bastante conhecida na capital sobre os perigos do incentivo ao namoro precoce, tanto que no título ela afirmou categoricamente: criança não namora. Namorar é coisa de adulto e é algo a ser praticado no momento certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *